Perguntas Frequentes

1. Qual é o nível de conhecimento do língua portuguesa o de outras línguas que o estudante deve ter?

O estudante deve ter suficiência da língua portuguesa porque as aulas são dadas em português; É importante ter um domínio inglês porque grande parte dos textos são nessa língua.  É possível estudar português no Centro de Extensão da Faculdade de Letras da UFMG/CENEX-FALE. Para mais informações, consulte www.letras.ufmg.br/cenex/cursos.html  ou Divisão de Extensão Universitária.

2. As aulas são oferecidas em que língua?

As aulas são ministradas em Português. No entanto, é importante ter um bom domínio do inglês, porque cerca de 90% da literatura de referência para as aulas está em inglês.

3. É necessário apresentar certificado de exames internacionais como AILS ou TOEFL? Que outros certificados são aceitos?

É aconselhável ter certificados deste tipo, no entanto o processo de seleção contém uma prova que exige apenas a demonstração da compreensão de textos em inglês. Certificados de institutos e escolas podem ser apresentados como substitutos para testes de proficiência internacional, porém serão avaliados por uma comissão que decide sobre sua aceitação. 

4. Qual o nível de Inglês é necessário para o curso?

O nível de inglês desejável é de pelo menos o intermediário superior. Não é obrigatório passar por exames oficiais como TOEFL ou AILS, mas é altamente aconselhável ter um nível que permita compreender textos em inglês.

5. Quantas línguas o candidato deve saber?

A UFMG exige que o candidato a doutorado demonstre conhecimento de língua inglesa e uma terceira língua diferente do português; o candidato a mestrado precisa demonstrar conhecimento de língua inglesa.

6. O que devo fazer se não tiver certificados ou outros documentos que evidenciem meu conhecimento de outras línguas diferentes do português? 

Neste caso, o/a candidato/a deverá se submeter a uma prova de conhecimentos da língua. Esta prova faz parte do processo de seleção e é aplicada subsequente à prova de conhecimentos em Dinâmica Demográfica.

7. Se tenho pouco domínio do português, existe possibilidade de melhorá-lo estando no Brasil? 

Sim, a UFMG oferece diversos cursos de português para estrangeiros. Consulte: www.letras.ufmg.br/cenex/cursos.html  ou na Divisão de Extensão Universitária.

8. Preciso viajar para Belo Horizonte para fazer os exames da seleção ?

Não há necessidade de viajar para Belo Horizonte. O Cedeplar tem uma rede internacional de instituições parceiras que podem ajudar na aplicação dos testes. É muito provável que na cidade do/a candidato/a exista uma instituição parceira. Muitas vezes, os escritórios do UNFPA também têm dado este tipo de apoio ao Cedeplar.

9. É possível fazer a entrevista via Skype/Web?

Quando há necesidade de entrevistas, sim, é possível realizar a entrevista via web. A responsabilidade para a entrevista ser realizada nas datas e horários estabelecidos pela Comissão de Seleção é do/a candidato/a.

10. Meu diploma de bacharelado/licenciatura e meu histórico escolar estão em espanhol / francês / inglês / italiano / alemão. É necessário traduzí-los para o português antes de enviar?

Não. Nos casos de documentos emitidos nas línguas mencionadas não é necessária a tradução. Os originais são exigidos, somente, no momento na matrícula. No caso dos diplomas, exige-se autenticação por parte do consulado brasileiro no país de emissão do documento.

11. Qual é o requisito mínimo de conhecimento do português, uma boa compreensão da linguagem é o suficiente?

A UFMG não exige português fluente. Todo o processo de seleção pode ser feito no idioma do candidato. No entanto, para um bom aproveitamento do curso é importante ter uma boa compreensão oral e escrita da língua. É aconselhável ao menos um curso intensivo de português antes do início das aulas.

12. Existe algum procedimento específico sobre o processo de seleção para os estrangeiros?

O processo de seleção feito pela UFMG é o mesmo para estrangeiros e brasileiros. Já  o convênio  PEC-PG  da CAPES é para não brasileiros.

13. _ Estou com problemas para pagar a taxa de Inscrição pois resido fora do Brasil, o que devo fazer?

Entre em contato com a Secretaria  de  Mestrado e Doutorado do CEDEPLAR  ( Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo. ) para receber orientações específicas sobre como proceder.

13.1._Devo pagar alguma quantia para o processo de seleção além da taxa de inscrição ?

O processo de seleção da UFMG é inteiramente financiado pelo governo brasileiro. Os custos relativos ao envio de documentação, transporte e similares são de responsabilidade do/a candidato/a.

14. É necessário pagar pela matrícula na Universidade?

Não. A UFMG é uma universidade pública, apoiada pelo governo brasileiro.

15. Todos os alunos têm bolsas de estudo?

Por ser um curso de excelência, o Programa de Demografia recebe do governo brasileiro uma quantidade razoável de bolsas de estudo. Mas, embora haja uma grande probabilidade de que mais de 50% dos alunos recebam uma bolsa de estudos, não há garantia que essa proporção se mantenha todos os anos.

16. Que critérios são usados para fornecer bolsas de estudo?

O programa usa os critérios meritocráticos, independentemente da nacionalidade ou outras características do candidato. Os melhores colocados no processo de seleção têm maior probabilidade de ter uma bolsa do programa.

17. _ Os valores destinados às bolsas são suficientes para se viver em Belo Horizonte?

Sim. Embora o termo "suficiente" seja relativo, os valores permitem ao aluno levar uma vida dentro dos padrões acadêmicos normais. É importante considerar que essas bolsas são administradas por agências independentes da Universidade e que podem ocorrer atrasos  na implementação das mesmas. Para essas situações, é importante que o estudante tenha algumas reservas monetárias. 

17.1No caso de obter uma  bolsa do governo brasileiro, ela é implementada de imediato?

A implementação das bolsas independe da UFMG e passa por processos burocráticos que podem demorar alguns meses. É altamente recomendável se precaver para eventuais demoras.

18. Que documentos são necessários para formalizar a matricula?

Além dos documentos solicitados para a aplicação, você deve ter: Cópia do histórico da graduacao, inclusive do Diploma, legalizados pelo consulado brasileiro, do país de emitiu o documento, Cadastro de pessoa física (CPF), Comprovante de domicílio, Registro Nacional de Estrangeiros (RNE). Estes documentos são exigência legal do país e o estudante deve providencia-los após sua sua chegada ao Brasil.

Em alguns consulados brasileiros é possível obter o CPF antes de viajar ao Brasil. Consulte se esse é seu caso. A posse de CPF  facilitará suas transações monetárias. 

19. O documentos exigidos aos estrangeiros  geram algum custo?

Sim, o processamento de documentos exigidos pelo governo brasileiro para formalizar sua estadia requer do pagamento de taxas.  Sugerimos que revise os requerimentos e custos de processamento solicitados pela Polícia Federal no site: http://www.dpf.gov.br/servicos/estrangeiro/requerer-registro-e-emissao-renovacao-de-cedula-de-identidade-de-estrangeiro/requerer-registro-renovacao-e-anistia

20. Qual a data estimada para inicio das atividades?

As atividades acadêmicas regulares começam em fevereiro ou março, no entanto o Programa oferece disciplinas propedêuticas e introdutórias a fim de garantir uma nivelação do aluno, que lhe permita um desempenho satisfatório ao longo do restante o Programa As atividades propedêuticas iniciam-se  no mês de Janeiro e é altamente recomendável que profissionais das Ciências Sociais, Humanas e áreas afins façam estas disciplinas 

21. O programa oferece seguro de atenção médica?

Não,  nem o Programa nem as agências que outorgam as bolsas contemplam seguro de atenção médica uma vez que o Brasil possui um sistema de atenção pública de saúde que busca ser universal. Os estrangeiros com visto de estudante tem acesso ao SUS. Devido a preferências individuais, muitos alunos optam por custear um serviço de saúde privado.  

22. Terei tempo suficiente para providenciar minha viagem ao Brasil e começar as aulas em tempo? 

Os resultados da seleção feita pela UFMG, ou pela CAPES, por força do calendário acadêmico  saem no final do ano, e as aulas propedêuticas estão programadas para início em Janeiro. Portanto, o estudante deve se empenhar ao máximo para obter toda a documentação disponível. É uma boa estratégia ir adiantando as gestões para obtenção do visto e de todos os documentos que precise para sair de seu país, mesmo antes da publicação dos resultados.

Seleção via:

capes3

cedeplar2

Apoio

logo_unfpa_texto